Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

kinhas

30
Abr19

Museu Municipal de Olhão e suas exposições...


Hoje foi dia de ir visitar o Museu Municipal de Olhão, integrado no antigo Edifício do Compromisso Marítimo de Olhão. Fui um pouco arrastada pela publicidade da exposição de platibandas, no entanto, não só visitei essa exposição, como também a permanente do primeiro andar sobre o Olhanense João Lúcio.

Aproveitem para visitar e conhecer, tem alguns elementos interessantes.

As fotografias não tem a qualidade que o museu merece, pois foram capturadas com o telemóvel.

 

DSC_0175este.JPG

DSC_0168este.JPG

DSC_0157este.JPG

DSC_0162.JPG

 

Fotos capturadas por Kinhas

 

28
Abr19

Como era o ano 2000 aos olhos de artistas de 1899!


 

En L'An 2000, nome dado a uma série de imagens francesas de pelo menos 87 cartões conhecidos, que retrata os possíveis avanços científicos que vários artistas franceses, entre eles, Jean Marc Côté, imaginavam entre os anos 1899 e 1910, ser a realidade no ano 2000. Dezanove anos se passaram, após o ano 2000.

As ilustrações tinham como objetivo a exibição na Exposição Universal de 1900, em Paris, mas por falta de verba, foi descontinuada e só foi redescoberta pelo escritor futurista Isaac Asimov, que as publicou no livro "Futuredays: A Nineteenth Century Vision of the Year 2000".

Muitas ilustrações serviram para 'decorar' caixas de cigarros e charutos e posteriormente postais.

Nesta série de ilustrações, há realidades que poderão lá estar, agora em outras nem tanto, no entanto, não deixa de não ser interessante ver a imaginação daqueles que viveram em outra época. Quem de nós por vezes não se põe a tentar imaginar como será o futuro.

Eu já o fiz, mas nunca saberei se irá ser assim na realidade...

 

ano10.jpg

ano19.jpg

ano18.jpg

ano17.jpg

ano16.jpg

ano15.jpg

ano14.jpg

ano13.jpg

ano12.jpg

ano11.jpg

ano9.jpg

ano8.jpg

ano7.jpg

ano6.jpg

ano5.jpg

Fontes de imagem e informação disponíveis na página

22
Abr19

Cella Bar do Pico


Cella Bar, localizado na ilha do Pico, nos Açores, mais precisamente no Lugar da Barca, Madalena, é com certeza para Filipe Paulo e Fábio Matos um orgulho, não só por se ter tornado num local de sucesso onde se pode conviver, petiscar e beber como por ter recebido a distinção de Edifício do Ano 2016 na categoria de Hospitalidade pela ArchDaily. Cella Bar é uma obra de Paulo Lobo, designer de interiores e Fernando Coelho da FCC Arquitetura que vê, certamente, neste projeto um reconhecimento do seu empenho quando conseguiu unir o traçado original da antiga adega com o seu traçado contemporâneo.

Analisem e desfrutem deste orgulho nacional nas seguintes fotografias de Fernando Guerra | FG+SG.

Tudo Made in Portugal.

 

12523908_1736996839864012_1501953273091590523_n.jp

12274434_1720234351540261_1950126192292709135_n.jp

12247107_1720234508206912_241465021976044665_n.jpg

12289744_1720234241540272_8835131817482784636_n.jp

12249647_1720232951540401_2280783959167410609_n.jp

12294732_1720232461540450_3127150902741522852_n.jp

12227077_1719353111628385_3676448738267778088_n.jp

12239546_1720231634873866_7290895782938795567_n.jp

12247069_1719352678295095_6054007073464882084_n.jp

12249834_1720232574873772_1873195812965223597_n.jp

12278745_1719353234961706_1989159384269338182_n.jp

 

Fontes de imagem, disponíveis na página do facebook Cella Bar.

18
Abr19

Folar da Páscoa de Infância


Não tenho nenhuma fotografia a comer o tradicional Folar de Olhão, mas guardo bem na memória que desde sempre me lembro de o comer. É doce, doce e é difícil não se gostar deste folar que entre as várias camadas leva uma cobertura de açucar, manteiga e canela. Hoje partilho aqui no meu blog uma receita do famoso Folar do Algarve, como também é apelidado.

 

folar olhão2.JPG

 

 

RECEITA DO FOLAR DE OLHÃO

Ingredientes:

½ cálice de aguardente

1 pitada de sal

120 g de manteiga

20 g de fermento de padeiro

50 g de água

500 g de farinha de trigo

60 g de banha

açúcar e canela q.b. p/ polvilhar

manteiga derretida q.b.

sumo de 2 laranjas

 

Misture a farinha com a manteiga, a banha, o sumo de laranja, a aguardente e a água com o sal.

Desfaça o fermento num pouco de água morna; faça uma cavidade no centro da massa e coloque aí o fermento.

Misture os ingredientes de fora para dentro, amassando muito bem.

Tape a massa e deixe-a levedar até que duplique de volume (cerca de 30 minutos).

Passado o tempo de levedura, divida a massa em oito a dez partes. Estenda cada uma delas com o rolo, numa superfície lisa e enfarinhada, formando círculos ligeiramente mais pequenos do que a base da forma.

Unte abundantemente, de ambos os lados, cada círculo de massa com manteiga derretida e polvilhe-os com uma boa quantidade de açúcar e um pouco de canela. Poderá dosear a quantidade de açúcar, uma vez que a massa não leva açúcar e é nesta fase que determina a intensidade de doce do folar (sugere-se, no entanto, que a quantidade de açúcar seja generosa, para que este não se dilua no bolo, diminuindo a caramelização). A manteiga também deve ser colocada em abundância, pois será ela que, com o açúcar, irá colar as camadas de massa, criando o caramelo e humidade característicos deste folar. Numa forma untada, sobreponha os círculos de massa untada e açucarada, deixando-os levedar até duplicarem o volume.

Entretanto, aqueça o forno a 190º C.

Polvilhe o topo do folar com açúcar e canela e leve a cozer, em forno quente, cerca de 30 minutos.

 

Uma Páscoa Feliz e uma dica, a Páscoa é muito mais do que os folares, as amêndoas e os chocolates. Uma Santa Pascha.

 

Fontes de informação site

11
Abr19

Antiga Igreja em Illinois


casa transformada em igreja bimbon

 

O que me fascina nestas transformações é a capacidade que os profissionais, que desenvolvem estas obras, têm, ao afastar toda a imagem de uma antiga igreja e lhes dar apontamentos modernos de forma a ficar com uma construção interior completamente contemporânea e minimalista.

É de louvar o resultado final desta igreja, situada em Chicago, mais precisamente em Illinois. Este resultou num projeto de Linc Thelen Design e Scrafano Architects para uma família de cinco pessoas.

 

arquitetura-church-renovation04.jpg

arquitetura-church-renovation05.jpg

arquitetura-church-renovation08.jpg

arquitetura-church-renovation06.jpg

arquitetura-church-renovation13.jpg

arquitetura-church-renovation09.jpg

arquitetura-church-renovation07.jpg

arquitetura-church-renovation12.jpg

arquitetura-church-renovation11.jpg

arquitetura-church-renovation15.jpg

arquitetura-church-renovation16.jpg

arquitetura-church-renovation20.jpg

arquitetura-church-renovation19.jpg

arquitetura-church-renovation21.jpg

 

As fotografias são originais de Jim Tschetter. Podem ter mais informações relativamente a este projeto no site da Casa Vogue.

 

Fontes de imagem, páginas referenciadas.

07
Abr19

Hábitos de fim de semana


 

P1010287.JPG

 

Geralmente durante a semana não tenho muito tempo para ter um pequeno-almoço com grande qualidade nutritiva, tendo como opção apenas a ingestão de um copo de bebida de arroz com Ovomaltine ou até mesmo apenas um copo desta mesma bebida. Eu sei que estou errada e que o pequeno-almoço deve ser a refeição mais completa uma vez que levamos uma noite inteira de estômago vazio, no entanto, no fim de semana faço questão de que o mesmo seja diferente é então que opto pela bebida de arroz com cereais tufados, sementes de cânhamo e não pode faltar o pão. Este fim-de-semana optei pelo pãozinho Miolo com tâmaras e nozes, tão bom...

Esta é a aparência da minha refeição da manhã de ontem. 

 

P1010289.JPG

 

Esta semana tive bastantes desafios, um deles foi fazer um teste escolar, dez anos depois de deixar de estudar e poucos meses depois dos meus ataques de pânico.

Posso-vos dizer que embora desafiante, despertou em mim um alivio, o retirar um peso de cima por ter na minha mente que nunca mais iria ser capaz de o fazer e FUI, posso não ter a nota que eu queria, mas em termos de comportamento comigo mesma, tive nota 20. Sabem porquê? Porque apesar de querermos muito uma coisa, temos que pensar que se não o fizermos agora por algum motivo poderemos fazê-lo mais tarde, mas desistir de lutar contra estes medos, não é opção. O fato de termos opção de escolha, de não termos obrigação faz com que a nossa tranquilidade nos "pisque o olho" e nos diga "está tudo bem". Espero ajudar pessoas que, como eu têm batalhas destas.

 

Hoje vou fazer o primeiro post no meu blog kinhas arte[sã], este vai ser um blog em que vos vou mostrar os meus trabalhos ligados à arte e artesanato.

Espero que gostem.

 

Fotos capturadas por Kinhas

Sobre mim

foto do autor

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.