Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

kinhas

30
Mai19

Hoje há espiga?


 

 

Há sim... Hoje é Quinta-feira da Ascensão, que religiosamente, significa que hoje se celebra os 40 dias depois da ressurreição de Jesus, sendo uma celebração móvel, uma vez que é 40 dias após a Páscoa, é também um dia celebrado como feriado municipal em muitas partes do nosso país, em simultâneo com ela, e provavelmente com maior adesão, celebra-se o Dia da Espiga, ou Quinta Feira da Espiga.

 

P5300447mod.jpg

 

 

O RAMO DE ESPIGA é constituído por:

 

Espiga (devem ser sempre em número ímpar, e são a parte mais importante do ramo. Podem ser de trigo, centeio, aveia, ou qualquer outro cereal. Representam o pão, como a base do sustento da família, e a fecundidade)

 

Papoila (com a sua cor vibrante e quente, significa o amor e a vida)

 

Malmequer (Simboliza a riqueza, e os bens terrenos. Os brancos simbolizam a Prata, e o amarelo, o Ouro)

 

Oliveira (tem duplo significado, em parte significa a Paz, a o desejo pela mesma e ao mesmo tempo é símbolo da Luz, sendo que foi do azeite, que se encheram as lâmpadas que alumiavam as casas. Esta Luz pode também ser interpretada como o sentido divino da mesma, significando a sabedoria divina)

 

Alecrim (Com o seu cheiro forte e duradouro, e sendo uma planta que resiste a quase tudo, simboliza no ramo a força e a resistência)

 

Videira (em representação do vinho, tem naturalmente associação à alegria)

 

DIAESPIGA1.jpg

 

Diz-se que o ramo da espiga deve ser guardado em casa e “não deve ser perturbado na sua quietude, sendo substituído apenas no ano seguinte por outro igual mas mais viçoso”.

 

Fotos capturadas por Kinhas

27
Mai19

Algarve Design Meeting


 

P5250391ESTE2.jpg

 

O 9.º, foi para mim, sem dúvida nenhuma o melhor Algarve Design Meeting até hoje. Grande qualidade nos trabalhos em exposição, adorei as conferências do sábado, sobre as de sexta-feira não posso falar, porque não pôde comparecer.

Mais um ano a contar para a divulgação do Design, sempre na esperança de mostrar que o trabalho do designer é importante no dia-a-dia, que o design está em todo o lado e que é necessário um profissional para o fazer. Mais um ano em que o palco principal foi a Antiga Fábrica da Cerveja, em Faro.

Nas exposições podémos ver os cartazes da Silvadesigners, a Big Kitchen de João Miranda, variadíssimos trabalhados desenvolvidos no Loulé Criativo, as colunas Mapuguaquén de Pablo Ocqueteau e Philine von Düszeln, entre muitos outros.

Obrigado e os meus parabéns a todos aqueles que todos os anos lutam para que este seja um evento cada vez melhor...

 

 

P5250378ESTE.JPG

P5250392EsTE.JPG

P5250412ESTE.JPG

P5250431ESTE.JPG

P5250383ESTE.JPG

P5250399ESTE.JPG

P5250401ESTE.JPG

P5250408ESTE.JPG

P5250404ESTE.JPG

P5250421ESTE.JPG

P5250422ESTE.JPG

Fotos capturadas por Kinhas

15
Mai19

Casa da Cascata Portuguesa


Fiquei encantada quando vi a Casa Gerês, uma habitação da responsabilidade do gabinete de arquitetura e design, Carvalho Araújo. Tal como acontece com a famosa Casa da Cascata do famoso arquiteto Frank Lloyd Wright, esta é uma habitação que está em perfeita harmonia com o espaço que a envolve. Construída em betão, madeira e vidro, numa encosta do Vale da Caniçada, fazem desta, uma casa de sonho pela natureza envolvente.

 

05_casageres_0.png

09_casageres.png

07_casageres.png

03_casageres.png

Fontes de informação e imagem, O Público e Carvalho Araújo.

11
Mai19

Na Praça de Olhão respira-se arte


DSC07926estemod.jpg

 

Quem vai comprar o peixe na Praça de Olhão, não fica de certo indiferente à decoração das paredes que, acima de alvenaria de tijolo, se pode ver uma exposição de pintura do artista Olhanense, José Henrique Rodrigues e abaixo, os já famosos azulejos pintados em 2004, pelo artista António Costa Pinheiro.

Um lugar de passagem para milhares de pessoas que passam todas as semanas naquele espaço para fazer as suas compras é decerto um dos melhores locais de visibilidade da cidade de Olhão para integrar exposições. Não conhecia esta versatilidade usada neste famoso Mercado e digo-vos que tem um bom impacto para quem ali passa, não só para dar a conhecer aquilo que de melhor fazem os "filhos da terra", mas também para valorização das artes. Os meus aplausos para esta iniciativa que está integrada no 101.º Aniversário dos Mercados Municipais de Olhão.

 

DSC07930este.jpg

DSC07934este.JPG

DSC07936este.jpg

DSC07939este.JPG

DSC07940este.JPG

DSC07937este1.jpg

 

Fotos capturadas por Kinhas

 

09
Mai19

Archie e suas controvérsias


 

Uns parecem gostar do nome do novo principezinho, outros nem tanto.

Eu pessoalmente, não desgosto do nome, no entanto, quando ouvi a primeira vez lembrei-me do som de um espirro. Quando ouvi o nome completo e não soube à partida onde se tinham inspirado, pensei que seria um nome comprido para um bebé, mas pensando bem... todos nós passamos pela fase de ser um bebé, logo, os nomes são para qualquer idade. Aquela teoria do "É demasiado 'pesado' para um bebé...", não faz sentido. Não há nomes mais pesados, nem menos pesados... 

 

rect45032.png

 

Pois bem, para quem ainda está em dúvidas sobre o porquê da escolha destes nomes, Archie é um diminutivo de Archibald, que significa genuíno e corajoso. Harrison, vem da ideia de ser "O filho de Harry".

 

Também já li num artigo que 'Archie' poderá ter surgido, pelo princípe George usar esse nome para se autodenominar.

 

Fontes de imagem e informação site e site.

04
Mai19

Alergias da prima[Vera]!


blooming-blur-close-up-459059.jpg

 

Não, não são da prima[Vera], são mesmo as minhas alergias...

Muito se fala em alergias hoje em dia, parece que praticamente toda a população sofre de alergias na primavera. Quais as reais causas disto? Será que está em GRANDE parte relacionado com a poluição? Bem me parece é esse factor e muitos outros...

O nosso sistema imunológico reage exageradamente após determinada exposição aos diferentes agentes causadores das alergias e depois dá nisto...

Depois de pesquisar um pouquinho, encontrei 10 remédios caseiros e naturais para ajudar nestes picos de polinização. Estes são apenas remédios naturais que poderão ajudar, nunca deixem para trás uma ida ao vosso profissional de saúde.

 

 

10 Remédios caseiros e naturais para alérgicos ao pólen

 

Mel de abelha: duas colheres de mel tomadas diariamente antes do início da primavera actuam como uma barreira natural.

 

Cebola: picada e colocada num prato próximo da cama ajuda a abrir as vias respiratórias. 

 

Vaporização com eucalipto, erva-cidreira ou menta: ferver qualquer um deles numa panela e respirar os vapores ajuda a descongestionar o nariz. 

 

Vitamina C: é um anti-histamínico natural encontra-se em frutas como laranjas, morango, limão, toranja e inclusive em alimentos de folha verde como os brócolis. 

 

Limpezas nasais: realizar limpeza com água do mar ou soro caseiro ajuda a eliminar a mucosidade e a coceira no nariz.

 

Pimentas e outros alimentos ricos em capsaicina: são descongestionantes naturais, já que ao comê-los abrem as vias respiratórias.

 

Ficar em casa: nos dias de maior concentração de pólen convém permanecer em casa, sobretudo na primeira hora da manhã e a última hora da tarde. 

 

Camomila: o chá de camomila é um anti-histamínico natural graças aos flavonóides, um componente presente em muitos alimentos e que reduz a inflamação. Os saquinhos de chá escorridos e aplicados gelados nos olhos ajudam também a acalmar a inflamação. 

 

Infusão de tomilho: graças às suas propriedades antissépticas ajuda a combater a tosse e a coceira de garganta. 

 

Banhos: ao regressar a casa convém tomar um banho para eliminar as partículas de pólen que possam ter ficado agarradas na roupa ou na pele. 

 

 

Fontes de imagem site e fonte de informação site

02
Mai19

Desnuda mas não despida!


Esta casa de despida não tem nada, mas o nome que a designaram foi mesmo de 'Casa Desnuda'. Uma obra dos arquitetos Víctor Alejandro Cruz Domínguez, Iván Atahualpa Hernández Salazar e Luís Armando Estrada Aguilar da Taller Estilo Arquitectura, no México mais precisamente em Mérida, podemos ver esta habitação em que ressalta aos olhos o que de mais moderno se faz em arquitetura habitacional. Cada espaço, cada cantinho tem pormenores únicos.

Fiquei completamente rendida a este projeto. Não consegui ficar indiferente aos quadros que embelezam as paredes com elementos mexicanos. O material usado nas paredes e o verde da plantação juntamente com o mobiliário moderno, resulta no seu todo, muito bem.

 

_MG_1651.jpg

 

_MG_1638-HDR.jpg

 

_MG_1585.jpg

 

_MG_1669.jpg

 

_MG_1624.jpg

 

_MG_1677.jpg

 

_MG_1680.jpg

 

_MG_1473-HDR.jpg

 

_MG_1570.jpg

 

_MG_1506-HDR.jpg

 

Autoria das imagens, fotógrafo David Cervera.

Sobre mim

foto do autor

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.